Pedido de Orçamento

União Brasil deixa 3ª via e anuncia ‘chapa pura’ para concorrer ao Planalto

Envie seus dados. Nós respondemos!
  • Clique no link abaixo para fazer a verificação antes de enviar o formulário.
  •  
  • Ou entre em contato por telefone.
  • (14)98839-6695
  • (14)98839-6695
  • Localização
  • Horário de Atendimento:

Comprar

União Brasil deixa 3ª via e anuncia ‘chapa pura’ para concorrer ao Planalto

Para comprar vá até a nossa loja.
  • Localização
  • Horário de Atendimento:
  • Ou entre em contato por telefone.
  • (14)98839-6695
  • (14)98839-6695

Enviar Mensagem

Envie uma mensagem. Nós respondemos!
  • Clique no link abaixo para fazer a verificação antes de enviar o formulário.
  •  
  • Ou entre em contato por telefone.
  • (14)98839-6695
  • (14)98839-6695
  • Localização
  • Horário de Atendimento:

Agendar

  • O agendamento se dará de acordo com a disponibilidade. Retornamos para confirmar.
  •  
  • Ou entre em contato por telefone.
  • (14)98839-6695
  • (14)98839-6695
  • Localização
  • Horário de Atendimento:

Regras

Leia as Regras
  • Se preferir entre em contato com a gente.
  • (14)98839-6695
  • (14)98839-6695
  • Horário de Atendimento:

Guia de Associados

Segmentos
Marília do Bem
  • Conteúdo

menu

Eleições 2022

União Brasil deixa 3ª via e anuncia ‘chapa pura’ para concorrer ao Planalto

O motivo seria a demora para um acordo sobre os nomes que representariam o bloco de quatro partidos ler

04 de maio de 2022 - 23:27

O União Brasil anunciou hoje que abandonou a chamada “terceira via” na corrida presidencial. Nesse campo, restam agora a senadora Simone Tebet (MDB-MS) e o ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB), que disputam a cabeça da chapa.

A avaliação do presidente da sigla, o deputado federal Luciano Bivar, é que o União Brasil tem recursos e tempo de televisão suficientes para lançar uma candidatura independente. A oficialização sobre o desembarque, que tem sido aventado há dias, foi deliberada em reunião realizada hoje com lideranças da sigla.

“Esperamos até o último momento para ver se fazíamos uma coligação com outros partidos. No entanto, outros partidos não tiveram a mesma unidade que tem o União Brasil. Em função disso, não restou outra alternativa a não ser sair com uma chapa pura”. Luciano Bivar, presidente do União Brasil.

As presidências de MDB, PSDB e Cidadania ainda não se manifestaram sobre o anúncio de Bivar. “Game over. Agora é com João Doria”, disse reservadamente um tucano.

Um dos principais interlocutores do partido, o deputado federal Junior Bozzella apontou a ala pró-Lula no MDB como fator que influenciou a decisão. Outro motivo seria a divisão dentro do PSDB, provocada por aliados do ex-governador Eduardo Leite (RS), que defendem o nome do tucano para o pleito presidencial em vez de Doria.

“O consenso é que o União Brasil tem condições de ter candidaturas viáveis à Presidência da República assim como teríamos dentro do bloco”. Junior Bozzella, deputado federal.

A ruptura do União Brasil pode trazer o Podemos ao grupo da terceira via.

Ala pró-Moro quer chapa ‘puro sangue’

No União Brasil, a avaliação é que o partido tem muitos quadros para ter uma chapa presidencial pura. Aliados de Sérgio Moro veem uma chapa com Bivar uma saída boa.

Primeiro porque o ex-juiz tem uma boa avaliação junto ao eleitorado. E, segundo, porque sua popularidade vem de uma parcela do eleitorado que abandonou o bolsonarismo.

Os caciques do DEM no União Brasil tem resistência a Sérgio Moro. Segundo este grupo,

“Ele está muito desgastado. O União Brasil quer colocar Moro no tamanho que eles acham que ele tem, que é para o Congresso Nacional. Avalia-se que Moro consegue cerca de 2 milhões de votos por São Paulo se concorrer a deputado federal, o que daria bastante cadeira ao partido”.

Moro ainda não decidiu o cargo que irá disputar. O certo é que ele precisa ter mandato no próximo ano, seja qual for.

Fonte: Folha de São Paulo

Comentários

Mais lidas