Pedido de Orçamento

PT debate nova comunicação para campanha de Lula

Envie seus dados. Nós respondemos!
  • Clique no link abaixo para fazer a verificação antes de enviar o formulário.
  •  
  • Ou entre em contato por telefone.
  • (14)98839-6695
  • (14)98839-6695
  • Localização
  • Horário de Atendimento:

Comprar

PT debate nova comunicação para campanha de Lula

Para comprar vá até a nossa loja.
  • Localização
  • Horário de Atendimento:
  • Ou entre em contato por telefone.
  • (14)98839-6695
  • (14)98839-6695

Enviar Mensagem

Envie uma mensagem. Nós respondemos!
  • Clique no link abaixo para fazer a verificação antes de enviar o formulário.
  •  
  • Ou entre em contato por telefone.
  • (14)98839-6695
  • (14)98839-6695
  • Localização
  • Horário de Atendimento:

Agendar

  • O agendamento se dará de acordo com a disponibilidade. Retornamos para confirmar.
  •  
  • Ou entre em contato por telefone.
  • (14)98839-6695
  • (14)98839-6695
  • Localização
  • Horário de Atendimento:

Regras

Leia as Regras
  • Se preferir entre em contato com a gente.
  • (14)98839-6695
  • (14)98839-6695
  • Horário de Atendimento:

Guia de Associados

Segmentos
Marília do Bem
  • Conteúdo

menu

Eleições 2022

PT debate nova comunicação para campanha de Lula

Próxima semana será de uma nova fase, com reestruturação da organização interna e outra estratégia ler

06 de maio de 2022 - 11:00

A campanha do ex-presidente Lula planeja entrar em uma nova fase, com reestruturação em sua organização interna e uma outra estratégia de comunicação.

Essa primeira fase, focada na montagem dos palanques estaduais e na formação da coalizão, se encerra com o pré-lançamento da chapa Lula-Alckmin em um evento em São Paulo, no próximo sábado (7).

Agora é preciso olhar para dentro para evitar o que parte dos petistas consideram equívocos que têm levado a exposições desnecessárias, principalmente de Lula.

A comunicação deverá ser a primeira grande mudança com a provável chegada do prefeito de Araraquara, Edinho Silva, para coordenar a área. O PT que possa ser implementada uma estratégia mais clara para enfrentar o presidente Jair Bolsonaro.

Dois pontos vêm sendo debatidos. Um deles fazer da estratégia digital da legenda um contraponto a estratégia bolsonarista. O PT criará o “gabinete do amor” em contraposição ao “gabinete do ódio” bolsonarista.

Isso significa que a estratégia digital da campanha de Lula deverá debater propostas para um novo governo e apresentar pontos positivos da era Lula, mesmo porque boa parte do eleitorado não tem a memória dos seus governos.

Um outro aspecto em debate é forçar que a eleição deste ano seja um plebiscito do governo Bolsonaro a partir da exposição do que o partido considera seus pontos negativos — em especial na economia — e forçar que a eleição seja um julgamento de aprovação ou desaprovação do atual governo.

Outro fator é dar a campanha uma rotina diária, com briefings matinais, reuniões diárias, definição clara dos papéis a que cada um desempenha e um tratamento melhor nas agendas a serem escolhidas.

A avaliação é de que as falas de Lula que geraram polêmica se devem em grande parte à desorganização interna. E, claro, ao receio que o grupo no entorno de Lula tem de aconselhá-lo politicamente, dada a sua experiência.

Fonte: CNN Brasil

Comentários

Mais lidas